Nada melhor que encontrar os amigos no meio da semana, conversar e tomar um chopp… Essa semana o escolhido para este programa foi o tradicional Pirajá, fundado em 1998 e que é um dos primeiros bares do grupo “Companhia Tradicional do Comércio” na divisão entre Alto de Pinheiros, Pinheiros e Vila Madalena. Não é à toa que essa sociedade resultou em tanto sucesso. Os sócios trabalham ativamente no comando das casas: Original (1996), Pirajá (1998), Pizzaria Bráz (1998), Astor (2001), Lanchonete da Cidade (2004), Quintal da Bráz (2006), SubAstor (2009), Bota Gallo (2010) e Venga (2011), totalizando uma equipe de 850 funcionários em todas unidades de São Paulo e Rio de Janeiro. Os restaurantes tem como marca registrada a excelência de serviço, recebendo cerca de 250 mil clientes frequentadores todos os meses. Parece fácil ter um bar, não é ?! Porém são poucos os que conseguem manter a qualidade!
Como veem, sou assíduo frequentador de todas as casas, já que tudo é sempre muito bem servido e constantemente há um lugar com a proposta perfeita para a ocasião, seja com um grupo no Pirajá, alguns amigos no Astor, a Família nas Pizzarias ou com a amiga, namorada e até sozinho no SubAstor, pois o lugar é super bem frequentado.
Mas vamos falar sobre o Pirajá, que foi o escolhido da noite! Eu estava com um amigo meu e o local era um ponto estratégico entre os trabalhos de cada um. Esta é uma das esquinas mais charmosas do bairro, com visual de bar carioca, sempre muito cheio e animado. A noite também ajudou muito: o tempo estava excelente para pegar uma das mesas da calçada, onde sempre tem um pouco de espera. Mas, de todo jeito vale a pena aguardar enquanto você toma um chopp.
O ambiente
piraja 1
Vista da esquina Pirajá com as mesinhas na calçada entre a Av. Nova Faria Lima e a R. Padre Carvalho.
piraja 2
Foto Revista Veja – Salão Principal
Petiscos e bebidas
Enquanto esperávamos a mesa, pedimos o clássico chopp Brahma e uma porção do Croquete de Costela, que é uma das tantas opções de petiscos.
piraja 3
Chopp + Croquete de Costela
O croquete estava sensacional, com a costela super bem desfiada, bem temperado e frito sem pingar óleo. Muito bom!
piraja 4
Croquete de Costela
Na sequência optamos por uma das empadas tradicionais de São Paulo, que é a “a moda”. Apesar de não gostar muito de palmito, esta empada estava sensacional! Ainda na forminha, chegou super quente e com a massa se desfazendo. Preciso preparar um especial de empadas ou porções tradicionais pois tem algumas que são boas a ponto de tomar o lugar do prato principal.
piraja 5
Empada a Moda
O Rafa, meu amigo, nunca tinha comido alheira, que é uma comida complicada. Não se pode pedir em qualquer boteco, pois vai gordura de porco, então tem de ser de excelente procedência. A última vez que comi foi no “Rancho 53” que é uma casa típica de produtos portugueses na Rod. Castelo Branco e nunca tinha comido a do Pirajá. E como era de se esperar, todos os pratos dele tem ótimos ingredientes e acabamos pedindo. Estava excelente!!! Veio acompanhada de 2 ovos fritos e batata chips. Também é recomendável pedir uma porção de pão para acompanhar. O que não pode faltar é regá-lo com bom azeite, limão e uma pimenta forte e saborosa!
piraja 6
Alheira com batatas e ovo frito, chopp e empada
Como era somente terça feira e ainda havia bastante trabalho pela frente durante a semana, nada melhor que cortar o chopp comendo um doce e pedi um brigadeiro de colher! Nada de especial ou espetacular, mas é um bom brigadeiro, em porção generosa e acompanhado do tradicional granulado. Finalizamos com 2 cafés curtos!
piraja 7
Brigadeiro de Colher
Os únicos detalhes que não pontuaram 100% o Pirajá foram: preço, alguns chopps depois e as porções geraram uma conta de R$180,00 (2 pessoas), o que particularmente acho um pouco demais para o Pirajá. Por outro lado, seria um ótimo valor para o Astor. Como dica, sugiro pedir pratos maiores que possam ser divididos. O chopp não deve ser dispensado, já que ninguém é de ferro e você está lá para relaxar!
O outro ponto é que a área externa tem muitas pessoas fumando e a fumaça toma conta do seu chopp e petiscos. Para não haver um incômodo, é só sentar no salão interno, que infelizmente não possui a mesma vista, mas pelo menos não tem fumaça.
Lazanhômetro – Bar Pirajá – 4 Lazanhetas
Acessibilidade – Serviço – Preço – Qualidade – Bônus
Bar Pirajá
São Paulo – SP
Endereço: Av. Brigadeiro Faria Lima, 64 – Pinheiros
Telefone: (11) 3815.6881
Funcionamento:
Segunda à quarta: 12h00 – 1h00
Quinta à sábado: 12h00 – 2h00
Domingo: 12h00 – 19h00
http://www.piraja.com.br